MIRAPOLIS mirapolis MIRAPOLIS mirapolis MIRAPOLIS - GERAÇÃO 2

segunda-feira, Novembro 16, 2009

Mesmo aqui ao lado




Opinião de
João Rua


Enquanto político, na altura vereador pelo PSD na Câmara Municipal de Mira, várias vezes alertei para a necessidade de, fosse qual executivo fosse, de se pensar numa estratégia de desenvolvimento dos espaços empresariais. Nós vereadores do PSD apresentámos mesmo um documento, em Sessão de Câmara, onde sistematizávamos o que pensávamos, como pensávamos e o que propúnhamos ser necessários fazer… É evidente que pouco ou nenhum sucesso tivemos, tão pouco dele estávamos à espera… Reconhecíamos, como hoje reconhecemos, que não tínhamos legitimidade nem poder de decisão… Tínhamos, e isso sempre procurámos usar, toda a legitimidade para pensar e para propor melhores formas de actuação…

Como Técnico acabei de participar e de coordenar a elaboração de dois Planos de Pormenor para o Parque Empresarial de Soza, no Concelho de Vagos. Foi com perplexidade e espanto que me deparei com uma aposta no empreendorismo que o município de Vagos tem vindo a sedimentar. Prevê-se em Vagos, grosso modo entre o “nó de Vagos / Salgueiro” e o “nós de Ílhavo / Quintãs) sobre a A-17 a execução de um Parque Empresarial com cerca de 350 hectares !... Nos Planos de Pormenor em que participei prevêem – se já duas investimentos contratualizados e em curso: Uma Unidade no domínio da Metalomecânica e a uma outra no domínio da fabricação de “pás para estruturas de energias eólica”. Só esta última garante, numa primeira fase, mais de 500 postos de trabalho directos !...

Penso que nos próximos 10 anos Vagos terá criado as bases para a execução e implantação de um Parque Empresarial de referência a nível regional e mesmo nacional.

O que se pode aprender com isto são lições simples:

- É essencial saber-se o que ser quer e definir um Projecto e uma estratégia;
- É indispensável acreditar nesse "nosso Projecto e procurar e estabelecer contratualizações;
- É fundamental decidir, agir e “fazer com que as coisas aconteçam”

No fundo, pensar, sistematizar e planear, planear, contratualizar e negociar, decidir e executar…

Vale a pena olharmos para o lado e aprender com os bons exemplos. E neste campo, os nossos vizinhos encotranm-se bem à nossa frente…

11 Comments:

  • At 19:52, Anonymous Anónimo said…

    Não concordo totalmente consigo.
    Por aqui até se planeia. Se não se planeia devia planear-se porque, só planeadores na Câmara de Mira são 3 ( incluindo a esposa do Miguel Grego).
    Mas como ia dizendo até se tem planeado qualquer coisa. A coisa às vezes não se pode é executar ou porque a estrada calha em cima de um amigo(a) do político A, B ou C.
    Dou-lhe um exemplo: aqui na Praia há anos criou-se um gabinete para Criar aquilo que penso que se Chamava Plano dos Prazos Velhos, certo?
    E depois? Houve uma tais de medidas preventivas mas, como uma amigo construtor da Praia não deixava os políticos porque o raio do plano lá lhe impedia um "gingajoga" qualquer, não descansou este Sr . Presidente enquanto não acabou com o bendito Plano que, curiosamente..foi ele que mandou fazer! Ela há coisas.
    Pois é como lhe digo : para estes lados não vale a pena planear muito. Aqui manda o lobi da construção e talvez tenha sido por isso que o Sr. Dr. João Rua não chegou sequer a ser candidato.Aqui os planos só atrapalham.

     
  • At 10:58, Anonymous João Milheiro said…

    Meu caro anónimo das 19:52,
    Não concordo totalmente consigo.
    Aqui, no nosso malfadado concelho de Mira, não são só os planos que atrapalham.
    Aqui, no nosso malfadado concelho de Mira, TUDO atrapalha: Ele são os planos; Ele são os esféricos; Ele são as árvores; Ele são as areias. Enfim, tudo serve para "atrapalhar". E quando as coisas não atrapalham, então atrapalham-se as coisas que é para a "atrapalhação" não ficar sentida e, não vá dar-se o caso, deixar de criar confusão.
    Lá, por terras de Vagos, é o que se vai vendo.
    Lá, por terras de Cantanhede, é o que está à vista.
    Por cá, por terras de Mira, é que se vê muito pouco. E o pouco que se vai vendo, é o que se sabe:
    Ele é a encrenca dos terrenos do Pólo II da Zona Industrial (que alguém anda a atrapalhar desde, pelo menos, o tempo dos Romanos).
    Ele é as árvores do Montalvo (parece que é uma encrenca que chegou a Tribunal mas, talvez porque alguma coisa atrapalhou, não se sabe - eu não sei - como findou. Se é que já findou...).
    Ele é as areias do mesmo Montalvo (parece que é uma encrenca que vai chegar, se ninguém atrapalhar, a Tribunal e, também se ninguém atrapalhar, a alguma conclusão se há-de chegar. E isto, claro, se a atrapalhação não resolver vir dar animação, criando... mais uma gratificante confusão).
    E enquanto isto, a mim, optimista militante – que não parecendo, garanto-vos que sou –, só me resta esperar que o Sr. LP se resolva, fazendo eu votos para que não se atrapalhe, pelo momento oportuno para nos trazer luz sobre a história da Oportunidade Perdida (parece que é outra trapalhada com que alguém se atrapalhou... tal é a atrapalhação que por aqui resolveu tomar posição).
    Não sei bem porquê, mas confesso-vos que me sinto meio atrapalhado...
    Abraços.

     
  • At 15:45, Anonymous Anónimo said…

    Eu acho que o que atrapalha, são os atrapalhados dos politicos que o atrapalhado concelho de Mira tem. Mira não tem, ou não deixam ter, politicos de jeito. Quem quer que vá para a Camara não consegue fazer nada, porque primeiro está ele, e lá bem no fundo vem a população que precisa que de emprego. Não existem HOMENS neste concelho. Os poucos que existem não conseguem sair porque não deixam. Estou cada vez mais desiludido com Mira.

    Abraços

     
  • At 18:51, Anonymous Anónimo said…

    os mirenses sao uns trapalhoes por natureza....todos querem andar ao alto e ficar espera do empregozito da mama na camara!levantem o cu e trabalhem,sejam empreendedores...so falam,falam e ninguem ve ninguem fazer nada.nem os falam bem nem os que falam mal.........vao mas e trabalhar o tempo que invejam concelhos vizinhos!!!!!!

     
  • At 11:06, Anonymous Anónimo said…

    és feliz é o que conta...

     
  • At 02:39, Anonymous Anónimo said…

    Sinto pena de ver Mira parada no tempo... nos últimos anos não se viu nada de novo... Até parece que Mira quase não existe... Mira não vive, sobrevive... e de quem é a culpa? Dos mirenses? De uns poucos sim, mas há outros que desejam investir, inovar, dinamizar...mas para esses parece que há sempre interesses de outrens que os impedem...
    A CM, com tanta gente que lá tem dentro, bem poderia ser mais dinâmica, mais inovadora, mais arrojada... ah, pois é... não pode não é... há interesses que se levantam e para muita dessas pessoas a câmara não é local de trabalho mas sim de passar algumas horas do dia...e levar o ordenado para casa no final do mês sem muita chatice!!! É que trabalhar dá trabalho!!!!
    Há que olhar para a frente e os mirenses têm de dar-se a oportunidade de crescerem... e como errando por vezes se aprende, pode ser que desta tenham aprendido... agora têm é de aguentar e ver os outros na fila da frente enquanto a sua terra vai continuar no mesmo sitio como que a vegetar... e é esta a realidade mirense...

     
  • At 11:39, Anonymous EU said…

    Tu és feliz? Vives em Mira? Já fizeste alguma coisa pelo concelho? Se acham que alguem tem trabalhado pelo concelho, devem de andar cegos... Ainda está para vir alguem que faça alguma coisa que se veja neste concelho. Mira não tem infraestruturas nenhumas, de qualquer tipo. Onde está uma Zona Industrial que se veja. Temos uma que é uma lástima, e o polo 2 está parado. Criem uma zona industrial em condições e procurem empresas que se queiram instalar no concelho e deem-lhes condições para trabalhar, porque é com o privado que se criam empregos, e não com a camara.

    Abraços

     
  • At 12:32, Anonymous X said…

    O mundo sempre acaba em 2012? E valerá a pena vacinar-me contra a gripe A?

     
  • At 18:08, Anonymous Anónimo said…

    Já cá não vinha há algum tempo...isto continua na mesma...é só dores e azias...as eleições já passaram...esqueçam lá isso

     
  • At 14:05, Anonymous Anónimo said…

    EU

    Bem se vê que tu senhor das 18:08 não sabe fazer distinção das coisas e só pensa na politiquice. Deves ser um dos que mama aquilo que que quem trabalha honestamente paga ao fim do mês e do ano para sustentar gajos como tu. És muito cromo daqueles difíceis de encontrar. Trabalhem e criem emprego e condições humanas para as populações que vos sustentam. Trabalha mais e pensa menos nas eleições.

     
  • At 02:12, Anonymous Anónimo said…

    Não vale pena...entra por um lado e sai pelo outro a 200...não escutam ninguem...eles sabem tudo...muito dificilmente mira tem futuro...nos proximos anos...incrivel a mentalidade dos mirenses...

     

Enviar um comentário

<< Home